fbpx
Imprimir esta página
Sexta, 09 Julho 2021 00:00

Cólicas, como amenizar as dores?

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Andrômeda Web Marketing
Avalie este item
(0 votos)

As cólicas menstruais podem ser “primárias” ou “secundárias”. A dismenorréia primária é a dor causada pelo própria menstruação. Dismenorréia secundária é a dor da menstruação com outra causa raiz, como uma condição de saúde como a endometriose. Este artigo aborda a dismenorréia primária.

Cólicas menstruais são provavelmente causadas por um excesso de prostaglandinas (compostos semelhantes a hormônios) que são liberados do revestimento uterino (o endométrio) durante a preparação para a eliminação. As prostaglandinas ajudam o útero a contrair e relaxar, de modo que o endométrio possa descamar e ser eliminado através da menstruação. Elas são uma parte necessária do processo, mas em excesso, causam dor se o útero se contrair fortemente. O fluxo sanguíneo é reduzido e o suprimento de oxigênio para o tecido muscular do útero diminui, causando dor.

Ainda se desconhece o que predispõe algumas pessoas e não outras à menstruação dolorosa. A inflamação pode desempenhar um papel. A produção de prostaglandinas está relacionada à inflamação e o tecido inflamado tende a produzir mais prostaglandinas. Pessoas que sentem mais dor menstrual também demonstraram ter níveis mais altos de marcadores inflamatórios no sangue, mesmo após ajuste para fatores relacionados à inflamação crônica, como IMC, tabagismo e consumo de álcool. A inflamação também tem sido associada ao agravamento de outros sintomas pré-menstruais, incluindo alterações do humor.

É mais provável que as pessoas tenham menstruações dolorosas se tiverem sangramentos intensos ou de longa duração, se começaram a menstruar precocemente, ou se seus ciclos são irregulares. Outros fatores que têm sido associados a menstruações dolorosas incluem tabagismo, baixo peso, idade inferior a 30 anos, infecção pélvica e esterilização.

Como faço para aliviar as cólicas menstruais?

Se seus suas menstruações forem intensas, irregulares ou extremamente dolorosas, tentar encontrar e tratar a causa das irregularidades pode ser importante para sua saúde. Outras abordagens para aliviar as cólicas, como métodos contraceptivos hormonais, agem impedindo o acúmulo e a descamação do endométrio.

Os analgésicos anti-inflamatórios são uma maneira eficaz de obter alívio da dor menstrual, eles inibem a produção de prostaglandinas e a inflamação. Outros tipos de analgésicos de venda livre podem reduzir a dor, mas tendem a ser menos eficazes no tratamento de cólicas menstruais.

Algumas pessoas podem optar por usar contraceptivos hormonais para aliviar e prevenir cólicas menstruais, como a pílula ou o DIU hormonal. Os hormônios sintéticos nesses métodos bloqueiam a ovulação e/ou previnem o aumento e a descamação típicos da parede uterina. Isso reduz ou elimina o acúmulo associado de prostaglandinas, contrações musculares e cólicas.

Nunca desmereça a bolsa de água quente que sua avó usava. O calor é um método simples, mas testado e comprovado, de aliviar a dor das cólicas menstruais, além de ser barato e não ter efeitos colaterais. O calor tem se mostrado tão eficaz quanto os anti-inflamatórios e a aspirina para a cólica menstrual.


Dra. Isabela de Oliveira Cunha – Ginecologista Obstetra – CRM 52.96157-4 RJ
Rua Santa Clara 50 - Sala 603 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ

Ler 130 vezes